Sunday, 15 May 2011

D34 - Poesia

Escrever poesia...
Hoje recordei alguns dos meus escritos, na sua maioria guardados no meu Silêncio. Mas hoje trago-vos um especial, de que gosto especialmente.
Escrever é a forma de expressar a alma, de a deixar dizer ao mundo o que sente, uma ligação entre mente e coração, um veiculo do espírito.

Quero
Quero o meu mundo nos meus pés
Quero crescer com raízes leves
Sem ervas daninhas a alimentar-se da minha essência vital
Quero ser grande e não caber em mim
Quero ser quem sou na verdade
Quero ser luz brilhante
Não no túnel do desespero
Mas no céu da esperança.

Quero voar e ser livre
Libertar-me deste corpo pesado
Deste fardo insuportável de reviver
Ser ave no seu retorno
Em ascensão!

Quero sentir o verdadeiro palpitar da vida
Nas minhas mãos, nos meus pés
Do corpo até ao espírito
Permeio a alma!
Quero ser um só ser completo em mim.

Quero despir esta capa
Que sofre e que chora
As penas da matéria
Quero vestir o manto da eternidade
Da Realização, da Superação!

Ser só meu espírito puro de pensamentos
Aquele outro que ainda não se consegue manifestar
Neste mundo de ganância e avareza
Neste mundo profano e carente de tudo.

Quero...ser...Eu!

No comments: