Tuesday, 1 May 2012

Diário de Bordo E1S1

Vaticano?
Rituais! 
Borboletas...

Coordenadas 38n48, 9w23, no Reino dos Sonhos.

(Três noites...três viagens...uuuuuh...há quanto tempo isto não acontecia!)

Uma viagem a Roma, que bom retornar a essa cidade, desta vez livre de compromissos e de agenda (familiar)! Uma viagem à aventura, por pouco tempo, de mochila às costas. Longas avenidas, motorinos a perder de vista, prontos a arrancar ao verde do semáforo, uma cidade museu, escura, de céu cinza. Vou percorrendo a pé sem saber o meu destino até chegar a um largo enorme com um edificio enorme onde tudo parecia diferente: tudo era brilhante, branco, até o céu era azul, o cinza foi substituído por branco e verde...cheguei à entrada de outra dimensão: um país dentro de outro país, um mundo dentro de outro mundo... uma dimensão à parte [e quão à parte estava... a sério, inconsciente, não podias procurar outra alegoria? Eu nem sou fanática dos livros do Dan Brown, nem das milhentas teorias da conspiração, Really? És mesmo do contra!].

Estava mesmo em frente à fronteira do Vaticano [sim, leram bem...Vaticano...]!

Mas a surpresa estava para vir! A mim juntaram-se 5 companheiros de viagem, estávamos em pares e íamos em busca de algo [maybe some information, some book... I don't know!]. De início passamos despercebidos, talvez nos tenham confundido com uma visita de estudo [Yeah, right!], até que nos escapamos para zonas mais sinistras, onde nos deparamos com salas de paredes altas, recheadas de livros antigos, escuros, por contraste ao brilho prateado do local.

Fomos vistos por umas entidades de capas azuis escuras com um risco em azul claro, perseguiram-nos, tínhamos de sair dali, do seu território, ir para território seguro onde não nos poderiam tocar...fomos perseguidos mesmo até à entrada. Sentimos medo, emoção... não sabíamos o que nos poderiam fazer se nos apanhassem...seríamos julgados como criminosos talvez...ou seríamos torturados como se não houvesse amanhã?

Não sei...o final foi feliz, escapamo-nos! Um, dos seis, ficou para trás, mas em breve se juntou a nós!

Que significado teria isto, perguntam vocês...nem eu sei, mas a aventura não acaba.



Duas noites depois...ainda eu estava chocada com o Vaticano, sonho com um ritual. Não sei que ritual era, mas eu estava a dar início ao mesmo, a abrir o círculo, a invocar os elementos...este, este SIM, este foi um acordar, um chamamento, um despertar. No matter how, or where, or with who...the magic lives inside me! :)

Para rematar...passam mais duas noites, um novo sonho, desta vez com borboletas...depois de tanto trabalho, desabrochou, abriu-se ao mundo e voou, linda, livre, com uma lição aprendida, duas espécies raras!

Eram várias, pousavam nas minhas mãos, voavam à minha volta...senti-me genuína!

Era o fechar de um ciclo de mais uma lição aprendida


No comments: