Thursday, 1 March 2012

D325 - Chuva


Depois de longos meses de Inverno seco, finalmente chegou a chuva!
Uma vontade de apanhar cada gota e lavar o meu corpo, de dançar com ela!
Ao som do tambor ela vai caindo lá fora e vai purificando cada recanto do meu ser...
Sinto-me mais leve, o meu corpo hoje é chuva que cai e se evapora, que volta a cair e se dissipa em bruma, secreto, velado, silencioso.

No comments: