Tuesday, 11 October 2011

D183 - Quando o sol acorda


Quando o sol acorda
E a lua entra no seu transe
Navego entre os mundos
Num despertar custoso...

Deixem-me em paz demónios das horas...
Quero permanecer nesta realidade!

Tarde de mais...o comboio já partiu e é hora de voltar à espiral diária.
Navega
Navega
Navega...

No comments: